Arena Cross - Jean Ramos domina a abertura


Atualização: 30/04/2017

Jean Ramos domina a abertura do Arena Cross 2017

Texto e fotos: Guto Bernardes

 

Aconteceu na noite deste sábado (29/04) na cidade de Caraguatatuba a primeira etapa do "reformulado" Arena Cross 2017, aguardado ansiosamente a competição é a primeira prova de nível nacional a expectativa era grande. Jean Ramos e Rafael Becker dominaram em suas categorias, MXPRO e 50cc respectivamente. 

 

A pista estava extremamente técnica devido à chuva que não deu trégua durante a semana, para agravar a condição pouco antes de começarem as provas a chuva voltou e deixou a pista ainda mais destruída.

50cc

A primeira bateria a entrar na pista foi a das "cinquentinhas" Rafael Becker defende o título de 2016 e não deu chance aos adversários vencendo de ponta a ponta, seguido por Felipe Marques na segunda posição, Lucas da Silva foi o terceiro. Todos os participantes merecem o respeito dos expectadores, devido a dificuldade encontrada para as motos menores numa pista repleta de canaletas e lama a criançada foi muito guerreira em encarar uma pista como a da noite deste sábado. 

 

Duelo 1x1

O primeiro Duelo 1x1 da temporada de 2017 foi entre Jean Ramos e Paulo Alberto, como em algumas etapas da temporada passada. 

O piloto da Yamaha Geração Jean Ramos não deu chances ao português da Honda Racing Brasil largando na frente e dominando as duas voltas do duelo e somando os primeiros dois pontos, novidade nesta temporada é que o segundo colocado no duelo ganha um ponto.

 

Duelo ídolos


Ramos #4 / Fireball #1 


Rafael Ramos e Gine Fireball foram os protagonistas do duelo dos ídolos, uma espécie de homenagem a grandes nomes do esporte no Brasil, Rafael que competiu entre os anos 90 e 2000, Fireball um pouco antes no final dos 80 e década de 90. Rafael levou a melhor sobre Fireball, após a corrida o "Brazuca" cantou uma musica assim como faz nos shows de rodeio.

 

 

PRO

Chegou a hora dos maiores nomes em atividade no Brasil medirem forças e deixar as especulações de lado, a categoria reúne nomes consagrados e alguns "novatos" que subiram da extinta categoria MX2. 

 

Adam Chatfield (Dunas Racing Honda) e Paulo Alberto (Honda Racing Brasil) dividiram a primeira curva, logo na primeira volta Jean Ramos (Yamaha Geração) assumiu a liderança para não dar chances a ninguém e vencer de ponta a ponta, a superioridade de Jean nessa etapa foi tão grande, que o piloto chegou a dar volta até no terceiro colocado. O campeão brasileiro de Motocross 2016 Jetro Salazar (Escuderia X Honda) foi o segundo após uma largada no meio do pelotão, Lucas Dunka (Escuderia X Honda) o jovem catarinense de Piçarras brilhou em sua primeira corrida na categoria PRO surpreendendo a todos e conquistando o terceiro degrau no pódio. Adam Chatfield foi o quarto e Hector Assunção (Honda Racing Brasil) completou o pódio.

 

Logo após a primeira bateria da categoria pilotos e organizadores chegaram a um consenso de cancelar a segunda bateria e preservar a integridade física dos pilotos. O show de FMX também foi cancelado.

Assista como foram as disputas em Caraguatatuba:

 

 

Classificação da Prova e do Campeonato:

 

Categoria PRO

 

1º Jean Ramos #1 - Yamaha/Geração - 22 pontos

2º Jetro Salazar #920 - Escuderia X/Honda - 17 pontos

3º Lucas Dunka #934 - Escuderia X/Honda - 15 pontos

4º Adam Chatfield #407 - Dunas/Honda - 13 pontos

5º Hector Assunção #30 - Honda Racing Brasil - 11 pontos

6º Marcello Lima #5 - Kawasaki/EMG - 10 pontos

7º Paulo Alberto #211 - Honda Racing Brasil - 10 pontos

8º Duda Lima #2 - Kawasaki/EMG - 08 pontos

9º Humberto Martin #101 - Rota K - Reganhão Racing/Kawasaki - 07 pontos

10º João Pedro Ribeiro #282 - Ipiranga/Honda - 06 pontos

11º Fábio Santos #4 - Yamaha/Geração - 05 pontos

12º Leandro Pará #958 - Escuderia X/Honda - 04 pontos

13º Caio Lopes #134 - Rota K - Reganhão Racing/Kawasaki - 03 pontos

14º Mattis Karro #91 - Honda Racing Brasil - 02 pontos

 

Categoria 50cc

 

1º Rafael Becker #7 - 20 pontos

2º Felipe Marques #160 - 17 pontos

3º Lucas da Silva #17 - 15 pontos

4º Luiz Henrique Tapari #158 - 13 pontos

 

Não classificados na prova (não completaram 75% da prova)

 

5º Francisco Emílio #6 - 0 pontos

6º Eduardo de Araújo #77 - 0 pontos

7º Matheus Lima #515 - 0 pontos

8º Arthur Duarte #65 - 0 pontos

9º Nikolas Tapari #22 - 0 pontos

10º Breno Aguiar #222 - 0 pontos

11º Giovana Duarte #128 - 0 pontos

12º Renato Esteves #50 - 0 pontos

 

Galeria de imagens

Comentários