Arena Cross 2016 - Expectativas dos pilotos


Atualização: 18/03/2016

 

Conversamos com os maiores nomes do esporte no Brasil, saiba quais as expectativas para a abertura do campeonato em Jundíai a primeira grande prova da temporada 2016.

Texto e Fotos: Guto Bernardes

 

Paulo Alberto: A expectativa é tentar vencer, estou me sentindo muito bem. Não será fácil, sei da qualidade dos adversários, acho que vai ser muito disputado. Estou ansioso que comece logo a temporada.


Jean Ramos: A expectativa é boa, fiz uma boa pré-temporada, estou bem fisicamente posso evoluir tecnicamente, acredito que será uma boa prova. Pretendo fazer boas largadas que são fundamentais para ter um bom resultado, estou confiante para começar bem o ano com o pé direito.


Marcelo "Ratinho" Lima: A expectativa é ótima, tentar começar bem o campeonato, fazer uma ótima apresentação em Jundiaí, boas largadas são importantes, pois na Arena é muito difícil ultrapassar, não errar e estar no pódio.


Humberto "Machito" Martin: A expectativa é a melhor estou treinando muito com meus companheiros de equipe, estou muito feliz esse ano com a nova equipe e melhor estruturado para a temporada, estou andando novamente de Yamaha, é uma marca que eu me dou bem, estou empolgado para a primeira corrida da temporada e vou à busca do pódio.


Rafael Faria: Estou muito empolgado com a abertura do Arena Cross, diferente dos últimos anos eu consegui fazer uma boa pré-temporada o que me deixa muito tranquilo e animado para conseguir ter um bom desempenho na primeira etapa. Também fiz varias corridas neste início de ano para ter ritmo de prova, estou muito confiante pilotando minha CRF450.


Carlos Badiali: Minha expectativa é muito boa, minha pré-temporada foi boa, na Venezuela não temos o Arenacross, por isso já estou a duas semanas no Brasil para treinar em pistas de Arena Cross com meus companheiros de equipe, neste ano estou em uma nova equipe, uma equipe nova, porem confio que podemos andar legal com ela, o objetivo para a primeira etapa é estar no pódio.


Eduardo "Dudu" Lima: A expectativa é ótima, nesse ano subo para a categoria 450cc e estou muito feliz com isso, sei que não vai ser fácil e estou treinando duro para fazer uma ótima temporada de estréia.


Jetro Salazar: Minhas expectativas para o final de semana são boas, quero conseguir andar o meu 100% e sei que se andar tudo o que eu sei, estarei no pódio com certeza. Fiz minha Pré-temporada no Peru com minha família me apoiando. Apesar das motos novas da Honda ainda não terem chegado eu consegui montar um bom equipamento para esse final de semana, então estou muito motivado para a primeira etapa, sei que vai dar tudo certo.


Hector Assunção: Expectativa está boa, esse ano estreando na nova categoria, claro que a moto 450cc é mais pesada mais forte, porem eu fiz uma boa pré-temporada e me sinto bem com a moto nova. No Arena Cross vai ser bem diferente por conta de na MX2 só ter uma bateria e agora na 450cc ter duas baterias e ter pouco tempo de descanso, treinei muito para essa temporada e me sinto confiante, apesar de ter grandes nomes como Jean Ramos, Paulo Alberto, Adam Chatfield, Carlos Campano. Espero fazer uma boa temporada de estréia na categoria máxima.


Wellington Garcia: O ano passado foi bem dificil para mim como todo mundo acompanhou, eu nem cheguei a terminar o campeonato eu tive que operar as amidalas e desvio de cepto, comprometendo meu resultado. Neste ano já começo de outra forma, estou bem físicamente não tive nenhum problema durante meus treinos, isso já me ajudou muito e a confiança voltou a ser alta. Eu espero fazer uma ótima corrida, sei que o campeonato não acaba em uma etapa, então o objetivo é fazer uma série de boas corridas e se Deus quiser fazer um ótimo resultado para a minha equipe, espero que esse seja um exelente final de semana não só para mim, e para todos da minha equipe. Que eu possa atingir todos os meus objetivos almejados neste ano.


 

João Pedro Ribeiro: Treinei bastante, já estou bem ambientado a nova equipe e me acostumando com a moto nova, fiz uma boa pré-temporada e estou confiante. Sei que não consigo ganhar o campeonato na primeira prova, porem perder é possível, algum erro pode ser fatal para o título, quero somar a maior quantidade de pontos e se Deus quiser sair com a vitória.


Renato "Muguinho" Paz: A expectativa é muito boa, venho fazendo treinos bem fortes com a nova moto sei que não será fácil pela competitividade nesta nova categoria, estou treinando dobrado para chegar bem na minha primeira corrida com as motos grandes, pretendo fazer uma boa prova em Jundiaí.


Leonardo Souza: A expectativa é muito boa, consegui fazer uma excelente pré-temporada estou bem confiante para esse início de temporada, quero dar o máximo dentro da pista e sair com o dever comprido, sei que posso ter um ótimo resultado. Estou me sentindo muito bem com a moto e estarei mais um ano na equipe Escuderia X, faremos de tudo para começar a temporada com o pé direito neste ano.


Fábio "Moranguinho" Santos : Minha expectativa é muito boa para o início da temporada, estou me sentindo confiante e confortável em cima da moto, espero ter uma boa largada e vou dar o meu melhor para estar no lugar mais alto do pódio.


Leonardo Almeida:  Minha expectativa pra primeira etapa do Arena Cross é me classificar para o evento principal e conseguir, na corrida tirar de mim tudo o que eu sei, como em todas as outras corridas. Como é minha estréia na MX2 eu sei que será uma corrida bem difícil, portanto, esta corrida será basicamente uma corrida "teste" em que pretendo me destacar, já que treinei muito para isso. Então minhas expectativas são boas e espero dar um grande show e tirar de mim o meu melhor.


Gustavo Pessoa: As minhas expectativas são boas, estou com muita vontade de estar atrás do gate, fiquei um período afastado das  competições por conta da minha lesão. Mais pretendo ser competitivo e me divertir muito durante a competição.


Carlos Evangelista: Estou confiante para o início de temporada, conseguimos novos patrocinadores para a equipe e chego bem preparado para a abertura.


Otávio Pelegrino: Minha expectativa é tentar classificar bem e fazer uma boa corrida para ter um bom início de campeonato. Agora numa nova equipe e com uma estrutura nova é diferente o trabalho é bem sério.


Pepê Bueno: A expectativa é boa, acabei de voltar dos Estados Unidos estou bem preparado, nesse ano vou andar de Yamaha, é uma nova moto nunca andei com essa marca, estou me adaptando ainda com o novo equipamento, desde o primeiro treino já gostei muito da moto, me sinto bem e preparado. Espero começar bem na primeira etapa fazer pódio e somar pontos para chegar ao final do campeonato disputando o título, esse é o objetivo principal.


Caio Lopes: A expectativa é boa, apesar de ter ficado um tempo sem treinar com a moto durante as férias eu não descuidei da preparação física e continuei teinando forte, estou me sentindo a vontade com a moto e espero fazer uma boa corrida.


Thiago Brenner: A expectativa para essa etapa é tentar classificar, mudei esse ano de categoria, agora na MX2 será minha primeira corrida com a moto maior, estou treinando a dois meses com a 250cc e estou muito confiante e ansioso para essa corrida espero me soltar na pista e ter um bom resultado.

 


 

 

 

Quem fica de fora? 


Tauan Brenner: Esse ano montamos um projeto novo com a Yamaha Geração, para dar início em nossa própria equipe, a princípio nos seriamos os dois pilotos do time, porem em decorrência da minha lesão no ombro sofrida durante o Warm-up da etapa de São José do Brasileiro de Motocross eu ainda estou afastado das competições e outra lesão no joelho também precisara de cirurgia e devo ficar esse ano de fora, estarei lá em Jundiaí para torcer e apoiar o meu irmão durante a prova.


Enzo Lopes: Não vou participar da primeira etapa, estou me recuperando ainda da fratura no braço sofrida enquanto treinava nos Estados Unidos. A recuperação está indo super bem, já estou com o geso menor e aos poucos ganhando mobilidade. Na próxima semana devo tirar o geso e dar início a fisioterapia. Mal posso esperar para voltar a treinar com a moto. Meus planos esse ano estão focados totalmente para os Estados Unidos, treinar e competir o máximo que eu conseguir por lá, como acabei de mudar de categoria agora eu ando na “A CLASS" que é a ultima divisão dos campeonatos amadores antes de ir para o A.M.A. Isso não impede de eu fazer algumas etapas do Arena Cross e até mesmo do Brasileiro de Motocross, se alguma etapa coincidir com alguma competição na América, vou dar prioridade as competições de lá. 


 

 

Comentários