EFX Enduro - Júlio Ferreira vence em Bueno Brandão


Atualização: 31/07/2018

Copa EFX Brasil

 

Júlio Ferreira vence em Bueno Brandão e dispara na liderança da Copa EFX Brasil

Após quarto triunfo consecutivo, piloto da equipe Honda Racing soma mais que o dobro de pontos do rival mais próximo

Júlio Ferreira segue imbatível na Copa EFX Brasil 2018. Neste domingo (29), em Bueno Brandão (MG), o piloto Honda Racing conquistou a quarta vitória consecutiva na competição e manteve a invencibilidade na Geral e na categoria Elite. 

A cidade mineira estreou no calendário da competição com um evento muito elogiado pelos competidores. Foram três especiais cronometradas no entorno do Campo de Aviação, local que serviu de base para as equipes e de onde o público pôde acompanhar boa parte das quatro voltas, cada uma com cerca de 30 quilômetros de trilhas.

Cada vez mais próximo do título, Júlio Ferreira quer manter o mesmo ritmo na reta final do campeonato com a sua Honda CRF 450RX. "Estou muito feliz com essas quatro vitórias seguidas na Copa EFX e vou trabalhar bastante para que venha um campeonato perfeito. Seria muito bom ser campeão invicto na Elite e na Geral", projetou o mineiro que aprovou a primeira prova da temporada em Minas Gerais. "Minha avaliação sobre o evento em Bueno Brandão é muito positiva. Foram três especiais bem distintas. Uma bem aberta, outra bem fechada e um Cross Teste muito bacana para o público acompanhar. O campeonato vem evoluindo e espero que a prova permaneça no calendário, só tem a agregar", elogiou o líder da competição que completou a prova com o tempo de 56 minutos e 16 segundos.   

Com o segundo lugar na etapa, Vinícius Lopes, o Musa, assumiu também a vice-liderança da categoria Elite no campeonato. "A prova foi muito boa. No geral gostei do meu rendimento, apesar de algumas quedas. Tenho que melhorar na parte física ainda para conseguir atacar o dia todo por igual. Estou voltando ao ritmo que eu estava antes, conseguindo brigar pelo melhor tempo nas especiais. Agora é me preparar para as próximas", comentou o piloto da KTM Sacramento que, por conta de uma lesão, esteve ausente das duas primeiras etapas.

Nascido em Bueno Brandão, Nielsen Bueno, um dos ícones do enduro brasileiro, completou o pódio no terceiro lugar. Depois de duas temporadas invicto na classe Over 35, o veterano de 42 anos - que já foi campeão da categoria principal - voltou à Elite em 2018 competindo pela equipe Power Husky.

Outro representante da cidade que fez bonito foi Renan Bueno, que é primo de Nielsen. O atleta bueno-brandense venceu a categoria E4 e assumiu a liderança do campeonato. "Foi uma bela prova, com bastante público prestigiando. Tivemos três especiais, duas mais abertas e uma de mata fechada, bem travada, que não permitia erros. Estava bem motivado por ser uma etapa em casa", destacou Renan. "Consegui andar bem, sem cometer muitos erros, e o resultado veio. Agora é continuar, pois ainda temos duas etapas para o fim do campeonato", disse o piloto patrocinado pela IMS Racing.  

Na E1, Nicolás Rodriguez manteve a boa fase com mais uma vitória e ainda completou a dobradinha da Honda Racing com o segundo lugar na Geral. O carioca, que acelera uma CRF 250R, permanece invicto na temporada e fechou a corrida em 58 minutos e 15 segundos. Vitor Menino terminou na segunda posição e Luiz Fernando Martins na terceira.

Na categoria Feminina, Janaína Souza faturou o primeiro lugar seguida por Tainá Aguiar e Patrícia Campos. "A etapa de Bueno Brandão foi bem bacana, especiais com nível técnico bem alto, todos os pilotos puderam se testar. Eu procurei manter um ritmo mais constante, mais conservador nesta reta final de campeonato", explicou Jana que busca o sexto título de campeã na competição.   

A Over 35 consagrou o quarto vencedor diferente na temporada. Desta vez, Claudiney Couto foi o mais rápido. "O dia foi sensacional, consegui andar redondo, foi uma prova muito bem feita, com um descolocamento muito gostoso, técnico, com bastante pedra. Me acertei nas especiais, coloquei pneus novos que funcionaram bem e consegui vencer os companheiros da categoria que andam muito parelhos. Estou feliz com o resultado aqui em Minas", avaliou. Com o segundo lugar, Luciano de Menezes manteve a liderança na classificação geral seguido por Felipe Lima, terceiro colocado na etapa.  

Na disputa por equipes, a Honda Motofield BMP Team, representada pelos pilotos Vítor Menino, Fernando Pereira e Yan Proque, se destacou conquistando a segunda vitória consecutiva. A Enduro MX, com Renan Bueno, Felipe Lima e Rodolfo Ripamonti, garantiu a segunda colocação, enquanto a Impact Motos Racing, com Ravi Lopes, Douglas Kawabe e Vinícius Aguilar, fechou a disputa na terceira posição.

Nas demais categorias, os vencedores da etapa foram: Íthalo Nogueira (E2), Flavio Yatsugafu (E3), Fábio Bizarria (Over 45), José Antonio Ramos Cadima (Over 50), Leo Kauffmann (E5), Ewerson Araújo (E6), Fernando Pereira (E8), Josmar Silva (Trilheiros Importada) e Roberlei de Pádua (Trilheiros Nacional).      

Para o organizador Fábio Simões, o Fabião do Adrenatrilha Trail Club, o evento não poderia ter sido melhor. "Foi nossa primeira vez em Bueno Brandão e fomos muito bem acolhidos. A recepção da Prefeitura Municipal, do COMTUR e da população foi excelente e nos faz ter vontade de voltar no próximo ano. Temos que agradecer o empenho de todos e celebrar o sucesso do evento", destacou.    

A quarta etapa da temporada será disputada no dia 23 de setembro. O local do evento será revelado em breve pela organização. A Copa EFX Brasil 2018 é realizada pelo Adrenatrilha Trail Club com o patrocínio da Honda, co-patrocínio da IMS e apoio da Motofield, Sig Visual, Tech Ride, Edgers, CrossFit Saúde, Jeri Adventure Ride, Art Video, Colorart, MR Pro, Gat Logística, Pró Moto, MR Segurança Eletrônica, Art Pedras Mármores e Granitos, Circuito Serras Verdes, Prefeitura Municipal de Bueno Brandão e COMTUR. 

Resultados

Elite    
1. 1 Julio César Ferreira Eliziário, 0:56:16,03 
2. 3 Vinicius Luis Lopes Da Silva, 0:58:03,09 
3. 4 Nielsen Bueno, 1:00:08,01 
nc 2 Bruno Batista Martins, 7:14:33,08

Enduro 1    
1. 5 Nicolas Rodriguez Rodriguez, 0:58:15,06 
2. 6 Vitor Martins Menino, 0:59:59,05 
3. 9 Luiz Fernando Urtado Martins, 1:04:56,02 
nc 7 Guilherme Bueno Da Silva, 7:15:43,01

Enduro 2    
1. 11 Ithalo Nogueira, 1:02:02,08 
2. 10 Rodolfo Ripamonti, 1:06:50,10 
3. 12 Douglas Kawabe, 1:06:53,04

Enduro 3    
1. 13 Flavio Yatsugafu, 1:11:23,03 
2. 15 Bruno Russo, 1:13:25,05 
3. 16 Marcelo Lanhoso De Lima, 1:27:31,10 
4. 14 Eduardo Lanhoso De Lima, 4:05:09,08

Enduro 4    
1. 18 Renan Bueno Da Silva Filho, 1:00:59,07 
2. 21 Ravi Rodrigues Lopes, 1:04:15,04 
3. 19 Yan Bueno Proque, 1:06:07,00 
4. 22 Jailom Silva Riciati, 1:07:07,09 
5. 23 Denis Gabriel Ribeiro, 1:08:45,10

Over 35    
1. 30 Claudiney Da Silva Couto, 1:03:16,04 
2. 26 Luciano De Menezes, 1:03:34,06 
3. 27 Felipe Lima, 1:05:40,03 
4. 28 David Roberto Carrilho, 1:09:35,00 
5. 29 Rosemberto Vicente, 1:17:11,09

Over 45    
1. 33 Fabio Bizarria, 1:04:31,03 
2. 35 Evandro Bozetti, 1:08:24,01 
3. 37 Agnaldo Ferreira Barreto, 2:56:04,01 
nc 36 Deivi Sarti Domene, 6:01:22,07 
nc 34 Clodoaldo Shoji Uemura, 6:45:00,03

Over 50    
1. 38 Butu José Antonio Ramos Cadima, 1:09:59,06 
2. 41 Manuel C. Madruga De Simas, 1:10:34,05 
3. 40 Jefferson Colantonio, 1:12:53,03 
4. 39 Valvissir Antonio De Aguilar, 1:16:17,10 
5. 43 Waldir Bertolucci Estevam, 4:15:09,04

Enduro 5    
1. 44 Leo Kauffmann, 1:07:19,05 
2. 45 Vinicius Lopes Aguilar, 1:09:03,06 
3. 47 Thales Uemura, 1:13:25,06 
4. 46 Thyago Barletta Azevedo, 1:15:04,08 
5. 48 Evandro Lopes Amorim, 1:20:44,00

Enduro 6    
1. 52 Ewerson Lorenzi Araujo, 1:08:54,04 
2. 53 Renato Uemura, 1:11:20,04 
3. 54 Fabricio Souza, 1:12:19,09 
nc 55 Caio Aschermann, 5:44:23,04

Enduro 8    
1. 57 Fernando Alberto Pereira, 1:00:46,02 
2. 56 Otávio Oliveira Dias Cardoso, 1:05:45,10 
3. 58 Pedro Motta, 1:07:53,09 
4. 59 Murilo Silveira Rodrigues, 1:11:25,10 
5. 60 Andre Ricardo Costa Lima, 1:13:01,01

Feminina    
1. 66 Janaina Souza, 1:13:38,04 
2. 67 Tainá Aguiar, 1:19:37,04 
3. 69 Patricia De Andrade Campos, 2:42:40,07 
4. 68 Aline Gorgulho, 3:00:32,10 
5. 72 Simone Domene De Campos, 4:26:46,09

Trilheiros Import    
1. 78 Josmar Vicente Da Silva, 1:14:46,04 
2. 79 Joilson Vicente Da Silva, 1:18:39,08 
3. 82 Daniel Fernandes Pereira, 1:18:42,01 
4. 77 Bruno Massa, 1:20:13,09 
5. 74 Marcel Brene, 1:20:24,05

Trilheiros Nac    
1. 89 Roberlei Mota De Pádua, 1:11:54,07 
2. 86 Rodrigo Netto Alves Lima, 1:13:30,07 
3. 85 Phellipe De Oliveira Marcon, 1:14:35,04 
4. 88 Alexandre Avelino Dos Santos, 1:20:23,06 
5. 92 Mateus Vieira Serafim, 1:25:45,01

Resultado por Equipes

1. Honda Motofield BMP Team 3:06:52,06
6 Vitor Martins Menino
57 Fernando Alberto Pereira
19 Yan Bueno Proque

2. Enduro MX 3:13:30,09
18 Renan Bueno da Silva Filho
27 Felipe Lima
10 Rodolfo Ripamonti

3. Impact Motos Racing 3:20:12,04
21 Ravi Rodrigues Lopes
12 Douglas Kawabe
45 Vinicius Lopes Aguilar

4. Foca Motos 3:23:26,08
11 Ithalo Nogueira
56 Otávio Oliveira Dias Cardoso
62 Valter Pimenta

5. Box 33 3:33:02,03
9 Luiz Fernando Urtado Martins
86 Rodrigo Netto Alves Lima
85 Phellipe de Oliveira Marcon

Texto: Divulgação

Fotos: Mauricio Arruda

Comentários