Santa Catarina recebe a 2ª etapa do Brasileiro MX


Atualização: 02/04/2018

A 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross acontece no próximo final de semana, nos dias 7 e 8 de abril em Rancho Queimado (SC). Esta é a primeira vez que a cidade com pouco mais de 2.800 pessoas recebe uma competição nacional de motocross.

Localizada há 64km de Florianópolis (SC), Rancho Queimado (SC) promete desafiar os pilotos. A pista do motódromo Paulo Coelho, foi construído as margens da BR 282, podendo ser visto por quem passa na rodovia. O local onde será realizado o campeonato, em outros tempos foi ponto de extração de argila para construção de cerâmica. O solo argiloso, com mais de 18 tipos de argila vai exigir muita técnica dos participantes. Em situações de sol, a pista com esta caraterística pode ocasionar o que chamamos de “espelhamento de solo”, deixando a pista mais lisa e desafiante. Já em situações de chuva, o terreno tende a ficar mais pesado levando o piloto a um maior desgaste. Outra característica é que a pista foi construída dentro de uma floresta, com bastante traçado de subidas e descidas, além de proporcionar para o público uma visibilidade de praticamente 90% da pista.

Participam desta etapa as categorias MX1, MX2, MX3, MX2JR, MXRJ, MX4, MX5, 230CC e a Elite MX, que na primeira etapa foi cancelada devido ao mau tempo em Cornélio Procópio (PR) e impediu a realização da categoria estreante.

As inscrições estão abertas no site da CBM (www.cbm.esp.br). Para a classe MXJR o valor é de R$100,00 e para as demais é de R$200,00 até o dia 4 de abril. Após esta data o piloto poderá efetuar a inscrição somente no local de prova, dia 6 de abril, e o valor terá adicional de 50%. Para quem pretende competir apenas uma etapa pode optar pela licença temporária no valor de R$40,00, que dá o direito ao piloto de competir e ser premiado apenas na etapa escolhida, porém não pontua. O campeonato Brasileiro de Motocross é supervisionado e realizado pela CBM e tem o patrocínio da Baterias ERBS, Rinaldi Pneus, Honda, Yamaha e IMS Racing e o apoio da Uniart troféus.

 

 

Voltar

Comentários